Confiança

  • 0
"No gift is more precious than trust."



falei aqui no blog sobre algumas visões minhas em cima de como deve funcionar uma equipe de trabalho. Hoje vou voltar no assunto, mas para falar sobre outra perspectiva, a confiança.

Sabemos bem que confiança é a chave para todo tipo de relacionamento. Se você não confia em alguém você não consegue se relacionar bem com esta pessoa. Porém um relacionamento onde tem confiança se desenrola com mais tranqüilidade, gerando melhores resultados (e alegrias) a todos.

Muitas vezes nossa relação de confiança nasce de maneira simples e descomplicada. Um bom exemplo é quando você compra algum equipamento. Se alguém próximo lhe indica uma determinada marca, você compra e fica satisfeito, se estabelece um vínculo de confiança junto a marca. Com certeza você estará disposto a indicar esta empresa a outras pessoas, e espera que este vínculo se repita.

Muitas vezes esta confiança se estabelece de maneira mais complexa. Recorremos a contratos, garantias a fim de assegurar que um determinado nível de "confiança" se estabeleça na relação.

Mas em todos os casos de relacionamentos onde se tem confiança uma regra é geral. Mesmo o mais fortes dos relacionamentos demanda menos esforço para sucumbir que para se erguer. E é aqui que entra o meu ponto neste post.

Confiança na equipe

"Build projects around motivated individuals.
Give them the environment and support they need,
and trust them to get the job done."

Uma das características mais notáveis em equipes ágeis é a simplicidade na hierarquia. Sabemos bem que muitas das hierarquias estabelecidas nas empresas busca o controle da produção. É neste controle onde morre a confiança na equipe. Criamos formulários, templates, pesados processos a fim de assegurar que tudo ande nos eixos. Não que estas ferramentas não sejam importantes, mas sim que muitas vezes seu objetivo é bastante distinto em cada tipo de organização.

Existe muitos kilômetros de diferença entre dizer:

"Você deve seguir o template TMP_2008_2145_PPS nesta tarefa."

E dizer:

"Cara dá uma olhada no template de PPS no repositório que ele pode te ajudar bastante."

Bem disse Hunter em seu livro "O monge e o executivo" que aquele que não delega responsabilidades aos membros de sua equipe é desonesto com ela. Sem confiança não se delega responsabilidades e sem isto a equipe é impedida de crescer e evoluir.

Como confiar ?

Quando você está na equipe e você confia nela esta confiança retorna a você. É incrível como confiança e transparência são coisas que andam juntas. Se você é transparente aos demais isto gera confiança e assim os demais serão transparentes a você. Esta transparência é a base para estabelecermos feedbacks que tenha real valor (e não palavras vazias em um formulário) e que sejam no tempo certo (e não só quando a vaca foi pro brejo) e assim crescer.

Confiar é uma aposta, você deve confiar primeiro e só poderá colher seus frutos no futuro. É claro que se quebra a cara neste caminho, mas isso faz parte do aprendizado. Quando falhamos em colocar adequadamente nossa confiança devemos corrigir isto pontualmente (e não burocratizando toda a equipe). Vivemos em uma era de colaboração e a confiança é um dos elos dessa corrente. Confie e colherá os resultados.

Nenhum comentário: