Meu espaço de Trabalho

  • 0

Estava eu a acompanhar o blog do Daniel Wildt e me chegou este post sobre estações de trabalho. E entrando no assunto sem ser convidado, decidi deixar minha contribuição com o assunto (que me parece ser recorrente no mundo de TI).


Acima está a visão da minha área de trabalho e como no post do Daniel, seguirei uma estrutura em 6 partes:

(1) : Eu não tenho biblioteca na minha mesa. Acho que isso seria um grande desperdício de espaço e normalmente tudo que eu preciso consultar é digital.

(2) : Eu não gosto de porta retratos na mesa. Como já dizia Seinfeld "Por acaso estas pessoas esquecem de suas famílias?". Mas a minha pequena Liga de Bonecos Sem Limites me faz uma boa companhia.

(3) : Não tenho um painel motivacional na mesa. Mas a empresa tem vários quadros espalhados e eu tenho uma impressão do seguinte cartoon colado no meu porta trecos.


(4) : É bem explícito que eu trabalho exclusivamente com o meu notebook. Mas vale ressaltar que o notebook não é muito bom pra sua saúde. Por isso que eu uso um apoio para regular melhor sua altura de tela. O mesmo vale para o monitor extra que, além de ampliar a área de trabalho, tem que estar regulado a uma boa altura. Junto a isso eu troquei meu hábito de usar cadeiras "patrão" por cadeira mais simples mas com boa regulagem (que favorecem a coluna).

Cadeira regulável (esquerda) e Cadeira Preguiçosa (direita)

(5) : Raramente uso o bloco de notas (a menos que elas sejam para algo bem rápido). Normalmente eu uso o evernote (web ou celular) como já disse em um post anterior.

(6) : Meu único cacto de mesa morreu por falta de cuidados (e para a tristeza da Pah). Por isso, deixo essa tarefa para as varandas da empresa.

Nenhum comentário: