Pular para o conteúdo principal

Twitter Trial

Hoje fazem 15 dias que fui para o twitter, então vou falar um pouco dessa experiência e de como ela tem sido. Pra quem for ler, saiba que estas são as minha impressões pessoais sobre a ferramenta, e por isso seu experimento pode obter resultados inesperados.

Eu me considero lento em absorver novas ferramentas. Mas isso faz parte do meu jeito de lidar com as coisas, gosto de estudar e analisar antes de mergulhar. Antes de entrar no twitter eu estudei a ferramenta, procurei muitas opiniões. Nenhuma me levou a visualizar utilidade para mim ou ao menos gostar da ferramenta. O twitter sempre se apresentava como uma mistura de rede social e rss. Em resumo, uma ferramenta que não me agrada e outra que me agrada bastante. Mas após a entrada da Intacto (@IntactoSoftware) na ferramenta, decidi entrar também e ver como funcionava na pele (@nukdf). Seguem então minhas impressões e dicas para quem ainda vai entrar neste universo.

Seguir

Esse é o ponto principal do twitter. Se você está na ferramenta você segue alguém. A grande questão é quem seguir e porque seguir. Aqui fica a cargo de cada um definir suas preferências, mas não se distancia muito de como você povoa seu RSS com os feeds que mais lhe interessam na blogosfera.
No twitter, temos diversas pessoas tuitando sobre os mais diversos assuntos. Nesses meus 15 primeiros dias adicionei apenas pessoas que ou eram próximas ou que já conhecia seu conteúdo de outros lugares (blogs, listas, etc). Com alguns eu acertei, com outro errei. E com isso fui adicionando e removendo conforme foi indo.
Muitas pessoas tuitam com uma freqüência enorme, outras menos. Uns falam de trivialidades outros sobre assuntos mais relevantes. E ainda temos as pessoas que simplesmente não tuitam, apenas seguem.
Existem muitos perfis que apenas tuitam os posts de seus blogs. Para mim este não é o grande forte da ferramenta. Bons blogueiros sabem usar o twitter para divulgar suas opiniões mais "rápidas" e compartilhar coisas que possam interessar seus leitores. Utilizando melhor a ferramenta.
Escolher quem seguir é o ponto chave para saber se você vai tirar bom proveito ou não da ferramenta.

Os 140 caracteres

Se você tem algo interessante para divulgar, talvez o twitter seja um bom lugar para fazê-lo. Assim como os blogs, flogs e comunidades em redes sociais, para se divulgar informações no twitter bem, deve-se definir quem será seu público alvo. No caso do twitter, por usar característica mais voltada para "redes sociais" isto pode ser mais nebuloso que em outras ferramentas. Porém, tenha em mente que caso você fique divagando no twitter sobre aonde você vai a cada instante, aquele link interessante sobre novas metodologias de desenvolvimento pode acabar não sendo visto. E este tipo de mix pode atuar contra você.
Aqui também vale um pouco de experimentação, é tão fácil de se postar e se ver entre trivialidade que eu mesmo me vi postando coisas que não devia nestes 15 dias de uso. Mas o bom senso é algo que nos ajuda em todos os lugares.

Ferramentas

Nem experimentei usar o twitter na sua interface natural. Já de cara não me agradou e pareceu que não ia me agregar muitos recursos. Por isso já procurei de cara uma ferramenta para me ajudar a organizar essa bagunça.
Hoje estou usando o TwitterDeck e estou satisfeito. A ferramenta tem alguns pontos a melhorar, mas atende ao que necessito. Um de seus recursos mais interessantes é o de cadastrar uma pesquisa e receber a notificação de twits que casam com o que você busca. Mas este recurso também existe em outras ferramentas.
Existem muitas outras por aí (Twitterrific, Twitterfox/Echofon, HootSuite) acho que cabe a cada um descobrir qual tem os recursos que realmente lhe interessam.

Conclusão

Bem, ainda estou experimentando a ferramenta. Já obtive bons resultados neste experimento e já tive minhas decepções. Mas até agora justifica continuar seu uso.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Suporte para Celular

É engraçado de se pensar que, em 3,5 anos de blog, o post mais acessado do site é o sobre o Suporte para Notebook. Sozinho ele tem quase 3 vezes mais acesso que o segundo colocado. Até hoje eu não sei dizer o por que deste efeito. Apesar disto me orgulho bastante daquele post, afinal além de ter superado minha falta de coordenação motora, ainda cheguei num resultado satisfatório. Já se passaram 2 anos e ambos os suportes se mostram em perfeito estado até hoje.

Pois bem, mas por que ressuscitar este assunto? Na Intacto temos um amigo oculto um pouco diferente, onde cada um tem que fazer seu presente, usando o máximo a sua criatividade. Como eu tirei o Fernando Aguiar, um cara fã de software livre (isso temos em comum). Por isso decidi tentar uma evolução do projeto inicial do Suporte de Notebook (que é aberto e disponível a todos) que elaborei junto ao Marcelo Bassani. Nesta segunda versão usei o Papel Pluma, que apesar de seu valor bem acima que o Paraná (usado anteriormente) resultou…

Aceleração de Startups - Parte 4 - Como melhor aproveitar uma aceleração?

Hoje eu fecho essa série de posts sobre aceleração. Já contei sobre o que é uma aceleradora de estágio semente, onde ela se encaixa no ecossistema e como ela pode te ajudar. Se depois disso tudo, você tenha decidido seguir esse caminho, faltou uma coisa: o que você deve fazer para tirar o maior proveito desse momento. E é isso que vou tentar fazer hoje.

Antes de Aplicar Entenda o momento da empresa Antes de aplicar para um programa, reflita bem sobre o momento. O propósito de um programa de aceleração té auxiliar a empresa a "saltar" para seu próximo estágio. Para fazer isso, é importante entender bem onde se está agora. Isso vai te auxiliar a mirar onde se deseja estar no futuro. Ter noção desses marcos é de grande valia para estabelecer pontos de referência em medir a evolução ao longo do caminho. É imensa a probabilidade que as coisas irão mudar, mas ter esses lugares para se olhar e comparar pode ajudar a direcionar o navio em momentos bons e ruins.

Existem também algun…

Aceleração de Startups - Parte 1 - O que é uma aceleradora?

Costumo dizer que eu já participei de mais programas de aceleração que o aconselhado. Contando com 2018, completei a marca de 5 dessas experiências e acho que já passou da hora de colocar em texto um pouquinho do que vivenciei.

Se você não sabe o que é uma aceleradora de startups, vale muito ler este texto do Tony. Aqui vou focar nos critérios do GAN (Global Accelerator Network) do que é um programa de aceleração.

Termos favoráveis aos Empreendedores Programa de Curto Prazo Orientado a Mentoria Pequenos grupos de trabalho* Oferece espaço físico* Time forte de gestão
Termos favoráveis aos Empreendedores Uma aceleradora tem por propósito ajudar que as startups consigam ganhar corpo em um tempo extremamente reduzido. Daí o termo acelerar. É um extremo contrasenso que ela canibalize as quotas da empresa em um estágio tão crucial. Favorecer os empreendedores é chave não apenas para fomentar que estes corram com o máximo de energia nessa etapa, mas também que tenham fôlego nas etapas futuras para…